Make your own free website on Tripod.com

 Página inicial           Fale Conosco

Pesquisas Escolares  

*Ciências
*História                               
*Geografia
*Português
*Matemática
*Curiosidades Matemáticas

Apostilas

*Word
*Excel
*Power Point
*Conceitos básicos
*Corel Draw 
*Accsess

Dicas de jogos
*Psone
*Playstation2
*Nintendo 64
*Xbox

*Ilusões de ótica

Jogos on-line

*Jogo do pingüim

 

Revolta do Forte de Copacabana

(1922)

- Na campanha eleitoral de 1921, Artur Bernardes foi o candidato do governo à presidência, saindo-se amplamente vencedor, como sempre acontecia com o candidato da situação.

    - Durante a campanha, foram enviadas ao Correio da Manhã algumas cartas ofensivas ao Exército e ao marechal Hermes da Fonseca. As cartas eram assinadas por Artur Bernardes, mas as assinaturas eram falsificadas, o que só se descobriu mais tarde.  

    - O Clube Militar decidiu então impedir a posse de Bernardes. No dia 5 de julho de 1922 os quartéis seriam tomados pelos tenentes, que exigiriam a renúncia do presidente.

    - No dia marcado, porém, só a Escola Militar e o Forte de Copacabana se levantaram. Cercados pelas forças leais ao governo, não tiveram alternativa a não ser entregar-se.

    - Entretanto, 17 tenentes e um civil resolveram enfrentar o governo oligárquico e saíram do Forte de Copacabana caminhando pela praia. Foram atacados e só dois sobreviveram: Eduardo Gomes e Siqueira Campos.

    - O episódio ficou conhecido como "Os 18 do Forte de Copacabana".